Turning Red | Próximo filme da Pixar acaba de receber seu 1º trailer e data de lançamento

Conheça a data de estreia e história de "Turning Red", o próximo filme da Pixar.

Cartoons são produções que atraem mais público infantil do que outras faixas etárias. Entretanto, filmes animados possuem o poder de conquistar até mesmo o mais velho e gélido coração de todos. E existe um estúdio em especial que faz isso como ninguém: a Pixar.

Não há sequer um ser humano na terra que não tenha se aventurado por pelo menos um filme da Pixar. Ainda mais com a sua atual frequência de lançamentos anuais – estreando novidades consecutivas desde Divertida Mente (2015). Tendo Dois Irmãos (2020), Soul (2020) e Luca (2021) como seus últimos trabalhos.

Agora, a Pixar está com a bola toda, pois assim como no ano passado (2020), pretendem lançar dois filmes, Turning Red e Lightyer. Sendo que este Turning Red – regionalizado em português para “Red: Crescer é Uma Fera” – acaba de receber o seu primeiro trailer e a sua data de lançamento nos cinemas. Isso mesmo, nos cinemas!

Quer ficar por dentro do que esta próxima animação irá se tratar? Então, respire e inspire 3 vezes, coloque para tocar Backstreet Boys e venha com o Sanatório Geek para saber descobrir tudo que sabemos sobre Turning Red!

Conheçam a história de ‘Turning Red’ / ‘Red: A Vida é Uma Fera

Turning Red

Com o início de sua produção em 2018 e a sua oficialização em dezembro de 2020, durante o Dia dos Investidores da Disney, Turning Red se tornou a produção de hype sucessor ao de Luca (que já está disponível no Disney+). E nesta terça-feira (13/07), tivemos mil e uma novidades sobre o vindouro filme.

Todos sabemos que os filmes da Pixar costumam retratar de forma alegórica, divertida e educativa temas relacionados ao amadurecimento, e outras questões da vida. Com Turning Red, o estúdio confiou a tarefa de abordar os problemas gerados pela ansiedade nas mãos de Domee Shi – ganhadora do Oscar pelo curta BAO, que dirige e roteiriza um longa-metragem pela 1ª vez em sua carreira.

Na história, acompanharemos a jovem Meilin Lee, uma garota canadense/chinesa e estudante do ensino médio, a qual se transforma em um panda-vermelho toda vez em que se encontra em situações de estresse e euforia. Nisso, teremos uma história ala “O Incrível Hulk”, porém, com a estética parecida ao do icônico Studio Ghibli.

+ Veja também: What If…? | Data de estreia da nova animação da Marvel no Disney+, 2º trailer e tudo que sabemos

Turning Red
(reprodução: Disney)

No trailer divulgado vemos Mei tendo de lidar com o fato de que sua mãe superprotetora tem tentado observá-la durante suas aulas. Nisso, a jovem se envergonha tanto ao ponto de explodir em uma fumaça rosada e se tornar um panda-vermelho gigante. Para não ser descoberta, ela então escapa pelo terraço da escola. Vejam:

Por enquanto, temos apenas as confirmações das duas personagens na trama. Elas que possuem as suas vozes emprestadas por Rosalie Chiang (Mei) e Sandra Oh (Ming). A primeira sendo uma novata na indústria e Oh um ícone de produções como Grey’s Anatomy, Killing Eve e Invencível (seu mais recente trabalho como dubladora).

Turning Red, que possui o título brasileiro “Red: Crescer é Uma Fera”, têm data de estreia internacional marcada para o dia 11 de março. Já na Brasil, ainda não temos uma data de lançamento definida. Porém, sabemos que o longa será lançado tanto nos cinemas quanto no Disney+, diferente de Soul e Luca.

Confiram o novo pôster nacional do filme:

Turning Red

Curiosidades de ‘Turning Red’

Turning Red

Os primeiros materiais de divulgação de Turning Red não trouxeram apenas as cenas iniciais do filme, mas também nos proporcionaram algumas sutis referências e curiosidades. Podemos começar pelo nome original do longa, que não só faz alusão ao fato da garota se tornar um animal vermelho, pois se traduzido, “ficando vermelho” pode estar relacionado a “vergonha” e a “raiva”.

Ainda, se analisarmos a cena final do trailer, veremos que diferente de sua foto na identidade escolar do pôster, Mei aparece com cabelos ruivos. Este fato pode ser explicado por ela ter transitado entre suas duas formas muito rapidamente. E essa curiosidade é evidenciada pelo banner de comemoração canadense do filme. Vejam só:

Turning Red
(reprodução: Disney / Pixar)

+ Veja também: Star Wars: Visions | Data de estreia e imagens oficiais do 1º anime antológico de ‘Guerra nas Estrelas’

Agora, como trilha sonora do trailer, tivemos um clássico dos Backstreet Boys, Larger Than Life. Em seu título, já podemos associar o fato de termos a palavra “maior” com a transformação de Mei. Já na letra da música, podemos ressaltar trechos como “Posso correr e me esconder” e “Todos vocês não conseguem ver

Outro ponto curioso que essa música ressalta é a época em que a história de Turning Red estará situada. Sendo parte do álbum Millennium, de 1999, já poderíamos deduzir que o filme se passa no início dos anos 2000. Nisso, o pôster demonstrado trata por confirmar essa informação, já que a identidade de estudante de Mei possuí o período “2002-2003’ impresso.

Finalmente, não podemos deixar de trazer dois últimos pontos. O primeiro se tratando da origem da condição da protagonista, que será algo herdado de sua família. Já o outro, está relacionado à vida da criadora do filme, pois em sua infância, Domee Shi teve de passar pela mesma situação de Meilin no trailer. Só que, sem a participação de um segurança ou criação de uma algazarra.

Bônus:

Pera aí que as curiosidades não acabaram não! Pois logo abaixo, vocês poderão conferir uma das artes conceituais oficiais de Turning Red, publicada pela própria Pixar. Na imagem, descobrimos que há a possibilidade de vermos Mei tendo de conviver com a sua versão avermelhada e avantajada. Vejam só:

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here