Netflix divulga as datas de estreia do 2º e 3º volume de Love, Death + Robots

A Netflix foi a responsável por popularizar o conceito das plataformas de streaming em nível mundial. Mas não só isso, a empresa também foi protagonista nas primeiras levas de conteúdos originais para estes serviços por assinatura.

Com o passar dos anos, fomos presenteados com diversas séries, filmes, documentários e muitos outros tipos de conteúdo original da plataforma. Em grande parte deles, pudemos desfrutar de algumas das produções mais notáveis dos últimos tempos.

A variedade de gêneros explorados pelas produções exclusivas da plataforma é absurdamente imensa. Porém, se engana quem pensa que não há mais o que ser inovado ou reinventado. Love, Death + Robots veio para provar isso das maneiras mais marcantes e criativas possíveis.

Com tantos assinantes (como nós) surpreendidos e apaixonados pela primeira leva de episódios da série, é um alívio que a Netflix enfim tenha revelado muito mais detalhes sobre as tão aguardadas sequências do show. Então, vem com a gente para ficar por dentro de tudo isso e muito mais.

4m0r, M0rt3 + R0b05

Imagem de: LOVE DEATH + ROBOTS: 2ª temporada ganha trailer; 3ª temporada vem aí
Imagem: (Fonte: Netflix/Reprodução)

Esse seriado de nome peculiar, foi lançado pela Netflix em 15 de março de 2019, e não demorou para ser recepcionado por diversas resenhas espantadas com o nível de qualidade visual trazida em cada um dos curtos 18 episódios da série.

Com histórias que duravam entre 6 e 17 minutos, Tim Miller – diretor de Deapool e O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio – juntou forças com David Finsher – diretor de Se7en, Clube da Luta, A Rede Social e Garota Exemplar – para adaptar 16 obras literárias de ficção e, criar 2 novas histórias.

Eles contaram com a ajuda de diversos profissionais em animação estrangeiros, vindos da França, da Coréia, do Canadá e muitos outros locais. Já entre os vários estúdios por trás do desenvolvimento da série, podemos citar o Blur Studio, Blow Studio e a Sony Pictures Imagineworks.

Netflix e suas duas antologias distópicas

Imagem de: LOVE DEATH + ROBOTS: 2ª temporada ganha trailer; 3ª temporada vem aí
Imagem: (Fonte: Netflix/Reprodução)

Love, Death + Robots pode ser comparada diretamente com Black Mirror, por vários motivos. O primeiro deles é sobre o seu modelo de episódios e storytelling. Pois ambas as séries são antológicas (episódios com histórias isoladas, podendo ou não ser ligados).

Em segundo, temos os títulos de ambas, que fazem alusão às temáticas de suas histórias. Onde em Black Mirror, há uma referência direta ao reflexo emitido por telas de celulares e televisores desligados. Já em LD+R, temos 3 dicas dos possíveis temas que serão abordados em seus episódios.

O terceiro motivo é em questão do objetivo e visão futurístico das séries. Ambas buscam chocar com violência, conteúdo sexual, palavreado de baixo calão e ocasionais alusões a drogas. Só que, estes são artifícios usados para mostrar o que há de pior e mais angustiante na sociedade e no ser humano em si.

O foco em abordar novas tecnologias e a sua interferência em nosso estilo de vida, é algo que dá palco para muitas histórias marcantes. E com LD+R, a liberdade artística acaba colidindo com as possibilidades da mistura destes 3 conceitos do título. O que traz como resultado capítulos únicos e estonteantes.

Love, Death + Robots: Lançamento do 2º Volume e a surpresa de um 3º

Apesar de ter sido renovada em 10 de junho de 2019, Love, Death + Robots só teve algumas poucas notícias sobre a sua produção desde então. Essa situação só mudou por agora, pois no dia 19 de abril, a Netflix enfim revelou um trailer com vislumbres da tão aguardada leva de novos episódios.

Ao final do vídeo, podemos ver a data oficial para a estreia destes episódios no streaming. O 2º Volume chegará em 14 de maio. Já como uma surpresa muito bem-vinda, tivemos a oficialização de um 3º Volume, prometido para chegar em meados de 2022.

Veja também:

Share.

Olá leitor! Me chamo Guilherme e tenho que admitir que sou fanático pelo universo Geek e cultura pop. Me considero eclético nos meus gostos e busco demonstrar a minha paixão por meio da escrita.

Leave A Reply