Canário Negro: HBO Max fará o 1º filme spin-off de “Aves de Rapina”

HBO Max fará "Canário Negro", filme spin-off de "Aves de Rapina". Descubra o que sabemos e conheça a personagem!

Desde a virada do século, a Canário Negro é uma das personagens femininas que mais ganhou notoriedade dentro do universo DC. Assim como a Arlequina, a Canário tem aparecido em cada vez mais adaptações das HQs. Dessa forma, muitos podem saber de sua existência. Mas, será que nós a conhecemos de verdade?

Seja qual for a resposta, todos a conheceremos melhor com o recém anunciado filme solo da personagem de Jurnee Smollett, que será mais um original do DCEU no HBO Max. Por isso, aqueçam suas vozes e venham com o Sanatório Geek para conhecerem melhor a Canário Negro e tudo o que sabemos sobre o seu longa-metragem!

Quem é a Canário Negro?

Canário Negro
(reprodução: DC Comics)

A Canário Negro é uma heroína nascida nas páginas dos quadrinhos da DC Comics. Ela foi criada pelos quadrinistas Robert Knigther e Carmine Infantino, que a introduziram na 86ª edição da Flash Comics, em 1947. A princípio, a detentora do manto se chamou Dinah Drake, uma florista que atuava como vigilante à noite, em Gotham City.

Dinah Drake dominava variados estilos de artes marciais e combatia o crime em honra à morte de seu pai, Richard Drake, um detetive de Gotham. Foi Richard quem a treinou, para que assim ela pudesse seguir seus passos. Tal quanto o seu nome, as suas vestimentas (peruca loira, jaqueta de couro e meia-arrastão) são um de suas maiores marcas, utilizadas por suas versões posteriores, até hoje.

Neste período, a Canário Negro serviu majoritariamente como um recurso de reforço para outros heróis. Posteriormente, Dinah Drake passou por uma reformulação, causada pela “Crise Nas Infinitas Terras” (1985-1986), onde o universo da DC Comics sofreu uma espécie de “reboot” / “unificação”. Nisso, a personagem teve uma filha com Larry Lance, a qual herdou o manto da mãe.

Em seguida, Dinah Laurel Lance (criada por Dennis O’Neil e Dick Dillin) passou a ser a identidade mais famosa da Canário Negro. Essa 2ª versão da personagem veio como uma cantora meta-humana, capaz de emitir um grito supersônico, chamado: Grito da Canário / Canary Cry. O qual a permitia:

  • Atordoar, ensurdecer e empurrar inimigos;
  • Recriar quaisquer tipos de sons desejados;
  • Impulsioná-la no ar (assim como sua cara metade na Marvel, o Banshee);
  • Alcançar até mesmo 300 decibéis (enquanto o limite seguro para os ouvidos humanos é de 80 decibéis).

Assim como a sua mãe, que fez parte da Sociedade da Justiça, Dinah Lance uniu forças com outros heróis, tendi feito parte da Liga da Justiça, Liga da Justiça Internacional, Liga da Justiça Elite, Aves de Rapina e do Time 7.

Quem é a Canário Negro?
(reprodução: DC Comics)

Por último, não poderíamos deixar de lembrar que a Canário Negro de Dinah Lance faz par com o Arqueiro Verde de Oliver Queen há muito tempo, sendo este um dos casais mais emblemáticos da editora (mesmo tendo passado por muitos altos e baixos).

Quem é a Canário Negro?
(reprodução: DC Comics)

Adaptações em live-action: Parte 1 – Especial, “Aves de Rapina” (série) e “Smallville”

Adaptações em live-action: Parte 1 - Especial, “Aves de Rapina” (série) e “Smallville”
(reprodução: WarnerMedia)

Muitos podem lembrar da Canário Negro por suas últimas participações em Arrow e em Aves de Rapina: Arlequina e a Sua Emancipação Fabulosa. Entretanto, estas não foram as primeiras vezes em que a heroína veio a ser representada por atrizes nas telas. Não mesmo, pois tudo se iniciou em 1979.

Com o lançamento de Legends of the Superheros pela NBC (dois especiais cômicos para a TV), a Canário Negro de Dinah Drake. Sobretudo, a atuação de Danuta Wesley é referenciada como um dos poucos pontos positivos da produção.

Conforme o desastre de sua primeira aparição em live-action, a personagem não voltou à dar as caras neste formato por cerca de 20 anos. Até que em 2002, tivemos a estreia da série “Aves de Rapina”, a qual trouxe Louri Loughlin como Carolyn Lance e Rachel Scarsten como Dinah Redmond (novos nomes de Dinah Drake e Dinah Laurel Lance).

O seriado durou por um ano, sendo cancelado após 13 episódios exibidos. E, curiosamente, trouxe Dinah Redmond como uma telepata, a qual combatia o crime em New Ghotam junto da Oráculo (Barbara Gordon) e da Caçadora (Helena Kyle). No Brasil, a série foi transmitida pelo SBT com o título “Mulher Gato”.

(reprodução: Warner Bros. Television)

Em seguida, a Canário retornou para a televisão em Smallville, passando a integrar o elenco regular do programa em sua 5ª temporada. Aqui, o papel de Dinah Lance foi dado à Alaina Huffman, que representou a personagem em um novo visual e integrou a equipe de meta-humanos do Arqueiro Verde.

Adaptações em live-action: Parte 2 – O Arrowverso

Adaptações em live-action: Parte 2 - O Arrowverso
(reprodução: CW)

As suas 3 adaptações até então haviam sido moderadas, sutis ou até mesmo esquecíveis. Porém, a repercussão da Canário Negro só veio a atingir maiores níveis por meio de Katie Cassidy e Caity Lotz, que interpretaram as irmãs Dinah Laurel Lance e Sara Lance, em Arrow.

Neste icônico seriado, o manto da Canário surgiu com uma personagem original da produção, Sara Lance, que aparece em Starling City após sua suposta morte como uma membro da Liga dos Assassinos. Posteriormente, ela adotou a identidade de Canário Branco (nome pertencente a uma vilã das HQs) e se tornou protagonista da série Legend’s of Tomorrow.

Posteriormente, a advogada Laurel Lance passou a ocupar o lugar de sua irmã caçula como a vigilante de Starling City / Star City, tendo como mentores Nyssa Al Ghul, John Diggle e Oliver Queen. Assim como Sara, Laurel utilizava um dispositivo de ultra-som criado por Cisco Ramon, chamado Grito do Canário.

Katie Cassidy ainda interpretou uma versão de si mesma da Terra 2, chamada Sereia Negra. Mas, fora isso, o manto da Canário Negro acabou repassado para Evelyn Sharper (Madison McLaughlin) – que veio a se tornar a arqueira ArtemisDinah Drake, uma meta-humana que possuía o Grito do Canário como poder e que foi a última a manter-se como Canário Negro em Arrow.

Finalmente, uma série spin-off de Arrow intitulada “Arqueiro Verde e as Canários” quase foi produzida, mas foi desaprovada em 2021, tendo apenas o lançamento de um episódio piloto dentro da 8ª e última temporada do seriado original.

Logo em seguida, vocês poderão conferir a sinopse do projeto, imagens oficiais do projeto cancelado e o uma publicação de lamento da protagonista da série, Katherine McNamara (Mia Smock).

“É o ano 2040 na Star City e Mia Queen (McNamara) tem tudo que sempre desejou ter. Entretanto, quando Laurel (Cassidy) e Dinah (Harkavy) de repente aparecem em sua vida novamente, as coisas mudam de curso e seu mundo perfeito é destruído. Laurel e Dinah estão rastreando uma vítima de sequestro conectada com Mia e precisam de sua ajuda. Sabendo que isso muda tudo, Mia não pode deixar de ser a heroína que é e as três se unem para salvar a cidade mais uma vez.”

+ Veja também: Besouro Azul | Xolo Maridueña de ‘Cobra Kai’ será Jaime Reyes no novo filme da DC para o HBO Max

Jurnee Smollett retornará como Canário Negro no HBO Max

Jurnee Smolett retornará como Canário Negro no HBO Max
(Créditos/Reprodução Twitter: @brunoborg3s)

Atualmente, além das dublagens em jogos, séries e filmes animados, a Canário Negro é um papel pertencente à atriz Jurnee Smollett, uma das integrantes do vasto elenco do DCEU. A princípio, ela foi introduzida como Dinah Lance em 2020, sendo uma cantora e meta-humana empregada do Máscara Negra.

A representação de Smollet foi um dos pontos de aclamação em Aves de Rapina: Arlequina e Sua Emancipação Fabulosa. Por isso, muitos DCnautas passaram a pedir para que uma série solo fosse dada à atriz, em um movimento que se estendeu por mais de um ano.

Igualmente, os fãs sugeriram que a diretora Misha Green – que já trabalhou com Jurnee Smollett em Lovecraft Country, também da HBO – fosse escolhida para o projeto.

Jurnee Smolett retornará como Canário Negro no HBO Max
(reprodução: HBO Max)

Contudo, agora é oficial! Ambas estão envolvidas em um filme da personagem, encomendado como um original do HBO Max. O filme Canário Negro foi revelado nesta última sexta-feira (20) e terá Jurnne Smollet como protagonista. Já Misha Green será a diretora. Enquanto Sue Kroll agirá como produtora (da Kroll & C. Entertainment, que também produziu Aves de Rapina).

O filme ainda não possui previsão de lançamento, já que Smollet e Green já possuem projetos diferentes em desenvolvimento. Além disso, a plataforma deve ater seus esforços para os já anunciados filmes da Batgirl, do Besouro Azul e a série do Superman, produzida por Michael B. Jordan.

Por enquanto, fiquem com os tweets de comemoração do projeto, e para futuras novidades sobre o filme da Canário Negro, não deixem de se manterem atentos por aqui, no Sanatório Geek, a sua melhor fonte de notícias da DC e do mundo nerd!

+ Veja também: The Batman | Colin Farrell revela quantas cenas o seu Pinguim terá no 10º live-action do Cavaleiro das Trevas

2 COMENTÁRIOS

  1. Oi Sanatório Geek, adorei a matéria, só gostaria e pontuar uma coisa e fazer um pedido. Essa imagem (https://sanatoriogeek.com/wp-content/uploads/2021/08/20210821_220828.jpg) vocês creditaram como uma imagem oficial e na verdade é uma arte de fã, minha no caso. A imagem promocional da Canário no filme Aves de Rapina é aquela que imita uma pintura. Como podem ver no meu deviantart (https://www.deviantart.com/brunoborg3s/art/Black-Canary-Birds-Of-Prey-Poster-Realistic-837858052) essa imagem que usaram foi uma reconstrução realista minha. Sou um artista amador e é muito difícil ter meu trabalho reconhecido. Apreciaria se me creditassem pela arte pelo meu twitter @brunoborg3s ou mesmo substituissem a imagem pela arte oficial do filme. Obrigado desde já!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui